Pesquisar este blog

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Let´s voltar de volta!

Ô minha nossa senhora da  semaninha enrolada! Cruzes! Estive com 3456798 situações complicadas, de problemas em casa, no trabalho e até na agenda otaku! 

Fiquei alguns dias até sem tempo para baixar os animes que costumo acompanhar, e como resultado tenho muita coisa pra assistir... Por um lado é bom, por outro...  O dia tinha que ter 75 horas e eu ser a irmã perdida do Jack Bauer!
Vamos então do começo... Os animes da temporada de primavera... Não vou fazer o resumão de cada um, mas posso dizer com toda certeza que foram uma safra excelente! Destaque e surpresa para mim ficam a cargo de Steins Gate, que no começo parecia ser um sci-fi muito nonsense e sem graça... Mas a trama foi evoluindo, os personagens estranhos ficaram carismaticos e... No final estava quase morrendo por ter que esperar até o último episódio. A dublagem também foi um destaque à parte, com tapete vermelho e nose bleed pro Mamoru Miyano, nosso eterno Raito Yagami. Como o mad scientist Kyouma ele deu show! Valeria assistir o anime só para ouvir sua interpretação fantástica. Aliás, se alguns dubladores brasileiros tivessem UM DÉCIMO da capacidade e vontade de atuação dos japoneses, com certeza não teria pesadelos ao lembrar de coisas como SOUL HUNTER na Locomotion. CRUZES!

Outros animes bons? Tiger & Bunny, Yondemasu yo Azazel-san, o maior poço de indecências e piadinhas politicamente incorretas existentes. Trolando até Deus, com certeza é algo que jamais veremos na tv aberta, e a maior concentração de bobagens por película quadrada!
Algumas séries ainda avançam, como Sket Dance e Ao no Exorcist. A primeira, que surpresa! Era pra ser só uma comédia como tantas outras mas não é que consegue até ser dramática?  O episódio 25 do anime prova que um bom roteirista sabe arrancar lágrimas e sorrisos. Sempre ri bastante das piadas, mas no último episódio confesso que quase chorei...

Ao no Exorcist é outro anime que vem conquistando um grande sucesso. Lógico, óbvio, nem-precisa-dizer que as séries da Jump e outros shounen da vida possuem CLICHÉS! Pelamordedeus... Aí fica o povo otacú da vida apontando elementos "que tem em Bleach e em Naruto" . Mas vamos combinar? Até a minha vida pacata de cidadã brasileira TEM ELEMENTOS CLICHÉS! "Eu quero proteger as pessoas", "Eu preciso ficar mais forte", "Eu tenho alguém especial", "Eu ainda sou fraco(a)" "Minha família é importante pra mim" Entre outros milhares... E aí, comofas? #Todosmorre porque uma série parece copiar a outra? Ou será que, partindo dos elementos mais comuns devemos prestar atenção em como o autor vai trabalhar com esse lugar comum? 

Não vou ficar discutindo a temática dos mangás shonen., muito menos jogar pedra nos não-adoradores de Ao no Exorcist. Cada um com a sua opinião! 

Próximo- temporada de verão! 
Não assisti tudo tudo tudo por falta de tempo. Na listinha macabra estão Blood-C , que até o sétimo episódio foi uma chateação incrível! A dinâmica do anime poderia ser resumida em #todospiranaabertura, sem nexo com o episódio anterior, a Saya que parece uma retardada pós fuminho, amiguinhos non-sense bem estilo Clamp, assim como a própria cidade, #inimigovem, #sangueespirra, #Sayavolta, encerramento com música massa da Nana Mizuki. Já baixei o resto e hoje termino a maratona de espirramento de sangue, mas no geral sequer consigo entender como um anime desses vai ganhar até um movie em 2012...

No.6 é muito interessante, menos a parte yaoi, que achei meio furada na história. O roteiro fez milagre para uma light novel que durou 4 anos. Condensar a parada em 11 episódios foi um verdadeiro milagre, e os últimos episódios reforçam bastante o impacto social da segregação dos muros da No.6. ]Vale a pena!

Usagi Drop é absolutamente lindo. Simples, tocante. Dá vontade de abraçar a Rin e levar pra casa. A primeira vez que ouvi falar no mangá já foi na adaptação para live-action, com o MatsuKen-sama (gracinha da titia).  Um anime que não tem poderes sobrenaturais nem o objetivo de salvar a terra da destruição é bom de vez em quando, e Usagi Drop tem como única missão a felicidade dessa garotinha altamente tchuqi-tchuqi! (Dá-lhe overdose de CQC...)

E o resto? Ah ah! Ainda na fila de espera, aguardando ansiosamente pela próxima maratona de animes do fim de semana... Tem Uta no Prince-sama, o anime mais bobinho mas cheio de bishonéns, o que desvia a atenção para a falta de coerência em certas partes... Aliás, PRA QUÊ coerência quando se tem homens lindos com vozes lindas cantando o tempo todo?  Vai me dizer que precisa até de história agora? Ah para né!
E pra fechar, porque o tempo ainda tá mais curto que meu salário- ou seja, já acabou mesmo! Um breve comentário de um dos meus downloads musicais da semana- Angela Aki e seu novo album, "WHITE"

Meu sonho era ser um cosplay da Miyazawa!



Aki-sama, Aki-sama! Pra que mudar o que não deve?  Já que você não vai tirar esses óculos ou deixar de usar seu converse , dava pra pelo menos não ter cortado seu cabelo, que era a coisa mais linda do mundo?

Eu fazia baby-liss e era feliz!

Agora a moda é cabelo channel, porque o sonho dela, com certeza era ser um cosplay de karekano, e sua inspiração foi a Yukino Miyazawa!

Mas enfim, o álbum! 10 músicas com aquela vozinha anasalada que eu tanto amo... Aliás, eu não tinha percebido isso antes... Em algumas partes eu tenho vontade de parar a música só pra enviar uma caixinha de descongestionante nasal pra ela! Mas tudo bem... Adoro suas composições e sua voz. Destaque absoluto para o cover de "Tsugaru Kaikyo Fuyu-Geshiki", um enka do estilo "traz o saquê e o pé de frango!"


Check it out...




Depois de ouvir a música eu até perdôo qualquer corte de cabelo que ela venha a fazer... 

Pra encerrar meu post cheio de misturebas e ideias soltas,  o album pra você baixar, né?  



Um comentário: