Pesquisar este blog

sexta-feira, 6 de abril de 2012

"Já sentiu seu cosmo hoje?"

Yo minna-sama do coração da titia! Meodeos, há quanto tempo não posto nada no balaio!!!! As razões são infinitas, mas a principal foi a falta absoluta de tempo. Fiquei numa escala escrava-tipo-revolução-industrial no meu trabalho... Entrava às 8:00 e só encerrava o expediente às 22:30... Isso porque sempre levava uma amostra grátis do inferno pra terminar em casa, então já viu né... O tempo que sobrava (ONDE?) eu usava pra descansar um pouco, ler um mangá e ver um anime, só pra relaxar... Vida social quase zero e tudo o mais... Somada à tragédia escravagista coloquem uma crise de escrita total e absoluta! O cansaço mental afetou meus dois neurônios, então a inspiração tinha ido pro brejo. Rascunhei uma meia dúzia de posts, mas não achei a menor graça, então considerei os pobrezinhos impublicáveis!

MASSSSSS, here I am de volta, e pronta pra comentar toda e qualquer sandice relacionada ao mundo japa que me vier à cabeça! Isso tudo claro, sempre deixando um espaço pra um download, como recompensa por ter sobrevivido a tanta asneira em cada post! 

Falando em download, minha gente... Depois do FBI ter inventado essa m**** de SOPA, PIPA (só falta agora PQP e APU- a pu inferno!), quase todos os links foram deletados. Não só do Megaupload, mas os outros servidores resolveram fazer uma caça a violação dos direitos autorais, e daí o bicho pegou geral! Mas a titia promete tentar reupar o que for possível, então please sejam pacientes! Vocês podem me avisar sobre links quebrados na parte de comentários. Assim que possível eu postarei links que funcionem...

Então então então!!! Por onde começar... Acho que pra inaugurar eu devo usar o título do post de hoje não poderia ser diferente... Uma volta as origens, retomar os laços esquecidos... Então vamos a ele! O anime que todos odeiam amar e amam odiar...

 
SAINT SEIYA!!! (Agora promovido a versão OMEGA!!)




Eu confesso que o meu amor (e um pouquinho de ódio) por essa série vem de longa data... Saint Seiya foi o primeiro anime que me fez entender que a paixão pelo mundo japa se instalaria no meu coração pra sempre... Na minha infância eu tinha só uma vaga lembrança de Macross, mas nem sabia direito o que era... Na época da primeira versão dos cavaleiros, na extinta TV Manchete (sessão velharia- ativar!), eu já estava entrando na adolescência, então a coisa impactou forte na minha memória... 

Depois que se começa a assistir várias séries é impossível não comparar uma história com a outra e claro, notar que aquela série venerada anteriormente não é assim aquela perfeição toda. Sabe como eu comparo? Saint Seiya é como dirigir um fusquinha... Você sabe que não é o BMW dos seus sonhos, mas naquele momento é seu top de linha, certo? A medida em que as coisas vão melhorando você acaba deixando o seu fusquinha, mas a nostalgia faz com que você se lembre dele com respeito... Ai de quem falar mal da sua lata velha! E ai de quem falar mal de um fusca perto de um fã!


O grande vilão do dia- PURPURINA MAN!
Saint Seiya tem aqueles clichés infinitos das histórias shonen, além de armaduras que se partem em mil pedaços e depois aparecem novas, cada personagem consegue derramar uns 20 litros de sangue por luta e por aí vai... Mas e daí? Pra quem cresceu assistindo Cavaleiros do Zodíaco (vamo brasilerá!), todos os defeitos do mundo são superados em nome do amor e das lembranças. É o poder do cosmo elevando os sentimentos até o sétimo sentido! uh hú!



Confesso que fiquei na dúvida- assistir a essa nova edição ou deixar pra lá? Depois de muito meditar (uns 5 segundos), resolvi baixar o bendito. E não esperava ficar tão emocionada! Sim!!!! Quando a abertura começou... A mesma música, com uma roupagem diferente... OMG... Arrepiei... Simplesmente um turbilhão de lembranças invadiu a minha mente, e sem perceber lá estava eu berrando o refrão: " SAINT SEIYA!" A-do-ro!

Reparem que tem uma Sailor Moon wannabe no lugar do Shun, né...


Quanto ao anime... Bom, impossível não comparar a animação e as lutas com o excelente "CASSHERN" . Cenas de luta bem feitas, armaduras de ouro ganharam até um lenço esvoaçante... A história... O mesmo de sempre- Atena precisa contar com seus cavaleiros pra salvá-la de alguém ou alguma coisa. O "Seiya da vez" é um garoto chamado Kouga, criado por Saori desde que era um bebê. Sua missão é se tornar um cavaleiro e claro, proteger a deusa Atena. Ponto. Podemos esperar então lutas, mais lutas, transformações,  armaduras se partindo, testosterona nas alturas e golpes miraculosos que vão salvar o heroi no último instante...


E DAÍ???? 

Quer coisa mais complexa? Vai assistir "Steins:Gate" ou "C", mermão!


Relaxe, não se atenha muito a detalhes, assista e divirta-se! Saint Seiya Omega tem todos os elementos de superação do protagonista, lágrimas de desespero e tudo o mais... E para os que assistiram esse anime lá na década de 90, é hora de viajar no tempo e comparar todas as semelhanças... Vamos nos divertir, otakus da titia!!!!









 E no próximo post, continuando com a sessão retrô plus advanced---- RUROUNI KENSHIN: SHIN KYOTO HEN, uma série que tem até...


ATÉ...




ATÉ...










PURURUCA NA POROROCA!!!








Sim, isso é o remake de Rurouni Kenshin... Agora com uma pitadinha de conteúdo mais... quente, bem Shishio-bacon-me-seduz!

No próximo post mais detalhes e  voltarei com a sessão de downloads! SEE YA!

Um comentário: