Pesquisar este blog

sábado, 25 de dezembro de 2010

Anime Season 2011- Starry Sky

O ano ainda não acabou, mas  a temporada de animes de 2011 já começou! E como a minha promessa para o ano novo seria de assistir a TODOS os animes do inverno 2011, é hora de cumprir.

A primeira série a estreiar é STARRY SKY!

"Episódio Capricórnio- Volume I"

Cada bishonén terá uma personalidade baseada num signo do zodíaco. E como primeiro tchuchuco...

Bishonén. Harém. Horda de jovens bonitos, galantes e simpáticos. Toneladas de clichês. Seja bem vindo ao animê de Starry Sky...

Pensa que eu achei ruim? Que nada! E daí se o jovem capricorniano vai atrás da mocinha que ele se apaixonou na infância? E daí se você já viu isso em Love Hina e outros animes? Aqui tem tantos caras bonitos por metro quadrado que tudo é detalhe!

Aliás, algo aqui não é clichê.... Nosso bebê-chan de zoinho vermelho pede aos pais para se mudar dos EUA para o Japão em busca de sua mocinha perdida...


 Se o pai não tivesse uma voz bem masculina eu juro que estaríamos diante de uma modernidade ultra blaster nos animes- um casal feminino como pai e mãe! Mas enfim, o ser róseo que vos apresento é o pai de Henri...  Vou demorar um pouco a me acostumar... Tá meio feminino demais, não? Ah, deixa pra lá! Passemos agora a nossa mocinha sortuda! A única estudante feminina num colégio cercado de bonitões! TSUKIKO YAHISA! 
A heroína apareceu só por alguns instantes, mas sabe quando causa boa impressão? Não parece aquelas criaturas bobinhas e ultra mega inocentes.  Isso torna as coisas bem mais interessantes! Afinal, se ela vai ficar com um bonitão entre os milhares disponíveis, tem que ter uma personalidade forte e decidida. E o cardápio tá farto! Óia só o que apareceu hoje!

Cuidado com essa gola GLS na Av. Paulista!

Bonitão do "Departamento de Leitura Estrela"


Departamento de Astronomia
Departamento de Mitologia (sim, mitologia!)
Departamento Espacial
Departamento das Constelações (sim eu desisti de entender esse colégio...)
Departamento de Astrologia Ocidental
                                                                                                   
Muito bem! Os bonitões foram rapidamente apresentados...  Agora vamos a uma avaliação geral do anime...

Gostei da personalidade do Henri. Discreto ao realizar um sonho de longa data, quase explodindo de ansiedade em encontrar sua mocinha perdida por dentro, por fora parecia um cubo de gelo. Simpatia à primeira vista também.

Achei a animação meio fraca, confesso. Parece que levaram as imagens do play II para o anime. Ás vezes acho que faltou mais expressão facial e maior cuidado com a luz e sombra. 

Tenho uma certa preguiça quando o estúdio não consegue criar um personagem que realmente APARENTE a idade que tem.  Viu na imagem dos pais do Henri? DEOS! São criaturas que tem pelo menos uns 30 anos né! Vamos colocar uma marquinha de expressão  ou qualquer coisa que me mostre que essas pessoas tem  mais de 14 anos? Af!

Em resumo: estamos diante de um anime de harém feminino. Toneladas de clichê existirão. Os personagens e as histórias que os unem, sempre vai haver um quê de " já vi isso em outro lugar..." Não vou esperar uma história cheia de conspirações, reviravoltas e surpresas.  Mas quer saber? Se o negócio é mergulhar num mundo de homens perfeitos, devotados, apaixonados e que não se encontram no mercado, Starry Sky é a pedida. Adivinha se eu não vou continuar assistindo? Ah ah!                                                                                                           



Um comentário: