Pesquisar este blog

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Alegria de Otaku Plus Advanced - Shinrei Tantei Yakumo

Amo esse cara de zóio duplo!

-Tia, precisa ter assistido Yakumo pra entender esse post?

-Não, criança, se joga!


-Mas e seu assistir Yakumo e ainda não tiver baixado o ep. 9?


-Então sai porque tem spoiler, bebé-chan!




Todo fã de anime elege aqueles que ficam como favoritos. Minha lista é bem grandinha, já que comecei a assistir animes há quase 15 anos atrás. (velha detected!) E com certeza Yakumo vai ficar na minha lista, mesmo com um defeitinho ou outro...

Gostaria de eleger Shinrei Tantei Yakumo como o melhor anime de 2010, mas pra isso eu teria que pegar a lista toda né... E também vai uma questão de gosto pessoal, então não ouso fazer tal comparação. Na verdade, a primeira vista, 2010 foi um ano em que fiquei atraída por poucos animes:
- Sengoku Basara
- Kuroshitsuji
- Hakuouki
- Bakuman
- Kaichou wa Maid Sama!
- Shinrei Tantei Yakumo

Outros títulos eu comecei a assistir mas logo perdi o interesse. Mas tudo bem... As escolhas que fiz e assisti todos os episódios foram felizes. Sengoku Basara por exemplo foi uma grata surpresa. Uma adaptação de jogo de luta com história bacana? Só o Masamune-sama já valia o anime todo!

Tá, tá... Lá vou eu desviando do assunto- o episódio 9 de Shinrei Tantei Yakumo. Aquele que eu estava louca pra assistir, tendo taquicardia ao esperar uma versão decente pra baixar e asssitir suando mais que tampa de chaleira, tamanho o nervosismo em saber o que ia acontecer!

E ISSO É O QUE EU ESPERO DE UM ANIME. Que eu fique nervosa e ansiosa por um novo episódio. Que sinta o coração bater mais rápido, a tensão se espalhando, os olhos atentos a cada movimento, cada frase absorvida como se fosse algo vital. MEODEOS, isso é absolutamente otaku, mas é o que faz com que se ame ou odeie uma série. Tem que haver uma ligação quase pessoal entre o espectador e os personagens. Por um breve instante é legal esquecer que aquilo tudo é só um anime. A gente torce pra tudo dar certo, chora quando algo trágico acontece e sorri de alívio se o final for do jeito que se espera.

E ISSO É O QUE EU ESPERO DE UM ANIME. Mas que nem sempre acontece. MAS QUANDO ACONTECE...

Esse era um episódio em que muitas coisas importantes seriam ditas, um clímax da série até então. E todo o suspense foi trabalhado para chegar a essa parte tão importante. A clássica cena da porta que se abre para a pessoa ou coisa tão almejada estava aqui também. Cliché, mas até a personagem chegar aqui eu morri ao pensar no que poderia acontecer com ela. Ponto para os roteiristas, que deixam a nossa imaginação maquinando mil coisas pra ainda assim conseguirem enganar a gente...


Uma imagem vale mais que mil palavras... O protagonista antipático e praticamente incapaz de se relacionar com as pessoas é salvo pela primeira pessoa que parece gostar dele de verdade. A nossa heroína a resgatar o príncipe carrancudo chega e já vai direto ao ponto. Esse toque significa muito mais que verificar se o pobre coitado está vivo depois de ser torturado e amarrado numa cadeira. É um toque de amor. SIMMMMM, Yakumo é o mangá shonen mais shoujo que eu já vi!

Essa é a cena que todo mundo quer ver em um anime. A revelação de algo importante. Sentimentos escondidos que naquele momento específico fluem. Naquele misto de desespero, tristeza e incertezas, as palavras saem numa enxurrada e a verdade é jogada. Palavras que você fica pensando em dizer se fosse aquela personagem, verdades que você diria. Coisas que a gente sufoca na "vida real", aquele momento importante que você acabou perdendo por pura burrice... Muitas vezes a gente não diz o que precisa na hora crucial. Por isso, ao menos aqui, essa lacuna é preenchida. 

"Você é sempre uma cabeça-de-vento"

Sim... Nossa heroína chora, grita para ele não morrer, tra lá lá... E essa é a frase de agradecimento. Além do clássico "é preciso mais que isso para me matar". SIMMMMM, Yakumo é o mangá shoujo mais shonen que eu já vi!
Adorei, porque afinal de contas, o red zóio aí age assim mesmo. É esperado sarcasmo em 99.9 % de suas frases, e pescar o 0,01% de simpatia e amor correspondido pela sua salvadora... Não tem preço!



Lágrimas... Nem precisa dizer mais nada. Aqui estão embutidos os pacotes "te amo, seu burro!" " quase me matou de preocupação" e "ainda bem que você está vivo, senão eu te matava!"



Nenhum anime está completo sem o vilão, o cara de meia idade... Aquele quarentão que nunca passou perto de uma barbearia pra aparar o cabelo... Aquele cara que usa um maldito sobretudo mesmo num calor desgraçado e uns óculos escuros mesmo na noite de apagão... Sempre tem uma criatura querendo atrapalhar as coisas.  Em Shinrei Tantei Yakumo, até então, o tiozão tosco com voz de Cid Moreira não passa de um cara invejoso que quer levar o filho para a escuridão. Que diabos é essa escuridão eu não sei. Zona boêmia?Zona rural sem energia elétrica? Ninguém sabe. Até o presente momento é uma criatura que quer infernizar a vida e uma nova chance de felicidade que o protagonista começa a experimentar.

Tudo bem. Nesse episódio com cara de último (mas ainda tem mais!), muito foi dito, verdades foram reveladas, despedidas aconteceram... Pra variar eu dei uma choradinha básica (mukya!) e fiquei satisfeitíssima.

E ISSO É O QUE EU ESPERO DE UM ANIME.

Um comentário: